“O meu problema é que…”

“O meu problema é que…”

Pronto, dai vem a família, a educação, o governo,a vizinha, o patrão,  o “benhê”, os filhos etc, etc… A lista é enorme!!! Mas não importa a razão apontada, o fato é um só: existe uma fuga acontecendo.

Independente do quão culpado alguém possa nos parecer quanto algo em nossas vidas, na verdade, em se tratando de nossa vida, a responsabilidade é nossa. Não podemos controlar tudo o que nos acontece mas podemos dominar a reação que temos aos acontecimentos e assim vamos direcionando as coisas conforme desejamos. Essa sempre será uma decisão que nós devemos tomar e conduzir. Não cabe a outra pessoa e se assim depositarmos tal função a outro, ficaremos fadados a frustrações, pois somente nós mesmos podemos responder por nossos desejos e carências.  Além de responsabilidade é missão fundamental a evolução individual de cada um como Ser humano. Transferir essa responsabilidade para outro é não só um equivoco como um empecilio para se chegar a verdadeira satisfação pessoal.

Focar na própria capacidade e auto valorização sem se ausentar da responsabilidade pelos fatos e assumindo as rédias da prórpia direção é a melhor, e tavez a única, forma de se chegar a plena realização.

Exite dificuldade? Procure um terapêuta. Peça ajuda. Pode ser mais fácil que parece.

Confiança na propria capacidade e desenvolvimento sem acusações e transferências é um bom caminho a se seguir.

Luz e paz a todos!

Deixe uma resposta